Aparecimento de quistos "BOLAS"


".....Obviamente não evitaremos o aparecimento de quistos na sua totalidade, mas reduziremos, muito, a probabilidade das penas encravarem e se isso acontecer estaremos, ainda, a evitar que a infecção se espalhe....."
Autor: Bruno Cardoso

 

 

Uso de Biotina:

Aproveito o facto de ainda estarmos na muda para referir a importância do uso de um suplemento que contenha biotina (vitamina H), a qual interfere na estrutura da pele, tendo também propriedades anti-infecciosas.

Obviamente não evitaremos o aparecimento de quistos na sua totalidade, mas reduziremos, muito, a probabilidade das penas encravarem e se isso acontecer estaremos, ainda, a evitar que a infecção se espalhe.

Outra coisa que poderá ajudar, um pouco, a minimizar o aparecimento de quistos é dar-mos banho todos os dias a aves que tenham predisposição a encravar penas.

Prevenção:
Bom, são só umas "dicas" para minimizar o problema do aparecimento de quistos, mas "mais vale prevenir que remediar" e no que toca a quistos, a "cura" raramente é total, por isso convém que não nos esqueçamos disso e ao cruzamos os nossos exemplares não nos esqueçamos de reparar na largura, cumprimento e dureza das penas.

Tratamento:
Já agora, para os que eventualmente não saibam, aproveito para referir a forma de tratar dos quistos: 1-podemos simplesmente retira-lo cirurgicamente, 2 amarrar um fio ao redor que o comprimira e ir apertando aos poucos até que a circulação sanguínea deixe de alimentar o quisto e passado umas semanas o quisto "morrerá" 3-outra hipótese será injectar no quisto um produto próprio para esse efeito que fará com que o quisto seque, contudo temos que ser cautelosos para não interceptar vasos sanguíneos. A escolha de um tratamento em detrimento do outro dependerá logicamente do tipo de quisto, da sua localização etc Após a remoção devemos usar uma pomada ou uma substancia que seja anti-infecciosa e cicatrizante.