Influência da alimentação na saúde


"...A alimentação influencia consideravelmente a saúde, a procriação e o crescimento de todos os animais, sendo esta verdade igualmente aplicada aos canários..."
Fonte: PR Canários

 

Influência da alimentação na saúde

 

A alimentação influencia consideravelmente a saúde, a procriação e o crescimento de todos os animais, sendo esta verdade igualmente aplicada aos canários. Uma boa ALIMENTAÇÃO é a que reúne todos os elementos indispensáveis a um equilíbrio de vida e aumenta a resistência orgânica das aves, conduzindo ao seu bom estado de saúde ou permitindo o seu restabelecimento rápido em caso de doença. A base da alimentação dos canários é uma mistura de sementes, que se completa com verdura e fruta, papa de ovo, vitaminas e minerais. A mistura de sementes pode ser obtida em estabelecimentos comerciais especializados, dependendo da proporcionalidade dos grãos e da idoneidade do comerciante. Há criadores que adquirem as diversas sementes em separado, fazendo posteriormente a mistura na percentagem que entendem ser a mais correta. Existem ainda os canaricultores que dão as sementes aos seus canários em separado, isto é, cada variedade é colocada em recipiente individual. Este critério é baseado no desperdício de alimento que por vezes se verifica quando as aves derrubam para fora dos comedouros grandes quantidades de sementes, ao procurarem as que são mais do seu agrado. As sementes devem ser colocadas num só recipiente, diariamente, numa mistura proporcional que se tenha decidido adotar. Uma vez por semana como guloseima em pequena quantidade e em separado, dar uma mistura de sementes gordas, a que os Ingleses chamam de "prato forte". Indicam-se as sementes consideradas fundamentais para uma boa alimentação de canários, variando a sua proporção conforme as raças e os critérios do canaricultor:

  • Alpiste  
  • Colza 
  • Níger   
  • Aveia  
  • Linhaça 
  • Cânhamo 
  • Painço 
  • Perilla 
  • Papoula 
  • Nabão

Esse assunto é problemático, visto que, não se deve apresentar um "modelo" de mistura de sementes, pois os critérios não são unânimes, variando de criador para criador, não só nas espécies de sementes como em sua proporção na mistura.

  • Farinhada: É muito importante na alimentação dos canários, deve ser fornecida todos os dias, em muitos lugares parece que há um tabu para fornecer as receitas desse complemento básico para os canários. Existe no mercado uma grande variedade de farinhadas prontas, com ovos, sem ovos, para fator vermelho, filhotes, etc. Cabe ao criador escolher a que mais lhe convém e oferecer aos seus pássaros a alimentação o mais completa possível.

 

 

Listamos abaixo algumas sugestões de receitas de farinhada

 

  • FARINHADA - A
  • Farinha de rosca: 500g
  • Farinha de milho branco: 200g
  • Aveia em pó: 150g
  • Neston: 100g
  • Gerval em pó: 50g
  • Sal: 1g
  • FARINHADA - B
  • Germe de trigo: 500g
  • Farelo de trigo: 500g
  • Aveia em pó: 200g
  • Fubá (branco): 200g
  • Colheres de sopa de mel: 2g
  • Sal: 2g
  • FARINHADA - C
  • Farinha de rosca: 500
  • Farinha de milho branco: 100
  • Farinha de trigo: 100
  • Colza: 150
  • Níger: 100

Para as fórmulas de farinhada acima pode se aplicar para cada 1 quilo de farinhada 30g. de premix.
Se o criador quiser pode acrescentar uma gema de ovo cozida e passada na peneira para cada 2 colheres de sopa de farinhada, quantidade essa para alimentar aproximadamente 6 casais.

 

  • Verduras: Excelente fonte de vitaminas as verduras devem ser fornecidas observando o comportamento dos canários, alguns criadores fornecem verduras diariamente variando apenas o tipo, outros acreditam ser mais conveniente fornecer 2 ou 3 vezes por semana, fica a seu critério essa escolha e observe nos primeiros dias o comportamento dos seus pássaros com relação a diarréia ou se os mesmos deixam de comer outras coisas e se atem somente as verduras.

    As verduras mais utilizadas na alimentação dos canários são as amargas, almeirão, jiló, escarola, chicória, couve, agrião e espinafre, não se deve nunca utilizar o alface, que causa diarréia e desidratação ao pássaro. Uma boa higienização se faz necessária, já que os produtores se utilizam de agrotóxicos para a produção das mesmas.

 

  • Frutas: Tão importantes quanto as verduras, as frutas exercem papel de fundamental importância na alimentação dos canários no que se refere ao fornecimento de vitaminas.

    As mais comumente utilizadas são maçã e laranja, no mesmo caso das verduras a observação dos pássaros é de fundamental importância.

 

  • Água: Fornecer água de boa procedência, filtrada ou de bicas ou poços, por muitas vezes o cloro usado no tratamento da água pode ser prejudicial aos pássaros. A água deve ser trocada diariamente e o bebedouro muito bem lavado com água e sabão, jamais deixe surgir aqueles fungos verdes extremamente prejudiciais aos canários.

 

  • Cálcio: Uma boa fonte de cálcio se faz necessária a alimentação dos canários, pode-se obtê-la de modo caseiro ou adquiri-la em estabelecimentos especializados, o mais importante é o fornecimento diário.

 

  • Como fazer em casa: Peque um pouco de areia grossa de construção, lave bem, deixe secar ao sol, junte cascas de ovos, lave bem e triture no liquidificados, junte à areia e leve tudo por 20 minutos ao forno em fogo alto, deixe esfriar, acondicione em potes fechados.

    Seguindo essas "regras" básicas seu canário estará bem nutrido, forte e alegre, retribuindo a você com seu canto melodioso e lindos filhote.