Relação de Plantas Tóxicas

 


Pássaros mansos e soltos normalmente adoram fuçar tudo que vê pela frente e pensando nisso relacionamos abaixo, uma das grandes diversidades que temos em nosso pais, (plantas tóxicas), que traz grande risco a saúde de seu pássaro e também para nós humanos.
Fonte: omundodospassaros




 

 

Relação de Plantas Tóxicas

Pássaros mansos e soltos normalmente adoram fuçar tudo que vê pela frente e pensando nisso relacionamos abaixo, uma das grandes diversidades que temos em nosso pais, (plantas tóxicas), que traz grande risco a saúde de seu pássaro e também para nós humanos.
Vale a pena ficar atendo onde nossos pássaros estão bicando, e em qual planta está procurando degustar e na menor suspeita que seu pássaro ingeriu alguma planta que traz substâncias tóxicas, procure um médico veterinário imediatamente.

OLHO DE CABRA:

O Abrus Precatorius, possui uma das toxinas mais forte já conhecida, capaz de matar até mesmo uma pessoa.
Os sintomas causado pela toxina são: náuseas, vômitos, dor abdominal intensa, diarréia entre outros sintomas.

 

 

 


 
COMIGO NINGUÉM PODE:

Possui toxina e substância semelhante á uma proteína, promovendo a liberação de histamina pelos mastócitos.
Pode promover edema de glote e o animal morrer por asfixia.

  

 

 

 

MONSTERA SP (costela de adão, dragão fedorento, 7 facadas):

Possui toxina e substância semelhante á uma proteína, promovendo a liberação de histamina pelos mastócitos.
Pode promover edema de glote e o animal morrer por asfixia.

 

 

 

 

ALOCASIA SP (orelha de elefante, orelha de burro, pulmão de aço):

Sintomas de intoxicação: Irritação dolorosa na boca e garganta, náuseas, diarréia, delírios e morte.

 

 

 

NERIUM OLEANDER (espirradeira): Tem ação cardiotóxica:

Sintomas de intoxicação: Náuseas, vômitos, dor estomacal, tontura, pulso fraco, batimentos cardíacos irregulares, dilatação das pupilas, diarréia com sangue, sonolência.

 

 

 

 

 

Schefflera spp., Brassaia arboricola (Umbrella Tree):

Tem como princípio tóxico um oxalato, que causa quando ingerido, vômitos, dormência e formigamento na boca, falta de coordenação motora.

 

 

 

Ricinus comunis (mamona):

A mamona possui uma toxina chamada Ricina, que causa gastrite e enterite.
Sintomas de intoxicação: Náuseas, vômitos, diarréia com sangue, dor abdominal, depressão, tremores, convulsão e coma. Pode ser fatal.O contato da pele com as sementes causa reação alérgica local.

 

 

 

 

Iris sp: Causam gastrite e estomatite:

Sintomas de Intoxicação: Náuseas, vômitos, dor abdominal, febre, diarréia e irritação na pele.

 

 

 

 

 

Tulipa sp : Causam gastrite e estomatite:

Sintomas de Intoxicação: Salivação, náuseas, vômitos, dor abdominal.
O contato com a pele causa severa reação alérgica.

 

 

 

Rhododendron sp (azaléa):

Sintomas de Intoxicação: Salivação, náuseas, vômitos, dor abdominal, fraqueza, diarréia, dificuldade de respirar, lacrimejamento, paralisia progressiva dos membros, coma.
Causa gastrite e estomatite.

 
 

 

 

 

Euphorbia pulcherrina (Bico de papagaio): Causam gastrite e estomatite: Causam dor abdominal, vômitos, diarréia e alergia de contato (pele)

 

 

 

 

 

Philodendron sp (cipó-imbé, barra de macaco, filodendro):

Causa queimadura e edema nos lábios, língua, garganta, dificuldade de engulir, náuseas, vômitos, diarréia. Se em contato com a pele causa reação alérgica.

 

 

 

Nicotiana tabacum (atua sobre o Sistema Nervoso Central): O Tabaco tem como princípio ativo a Nicotina, que  age em receptores nicotínicos colinérgicos (ação semelhante ao curare). Em doses pequenas, provoca excitação, tremores musculares e ataxia. Em doses altas provoca depressão. Tem como sintomas de intoxicação: vômitos, diarreía, pulso fraco, tontura, colapso e insuficiência respiratória  

 

 

 

 

Narcisus sp: Causam gastrite e estomatite:

Sintomas de intoxicação: salivação, náuseas, vômitos, tremores e convulsão. Pode ser fatal.
Também causa dermatite de contato na pele.

 

 

 

 

Allamanda cathartica (alamanda):

Sintomas de intoxicação: Febre, edema dos lábios, náuseas, diarréia, sede.
Dermatite de contato.